Site exclusivo para residentes no Brasil
Novidades

Meu filho tem diabetes: como lidar?

Logo mais as aulas vão começar e, junto com as novidades que toda criança traz após as férias, uma em particular preocupa você: seu filho foi diagnosticado diabético e suas rotinas começam a mudar. A psicóloga Sônia Maulais, do Ambulatório de Diabetes tipo 1 da Santa Casa de Belo Horizonte, está habituada a orientar pais que vivem essa situação e nos conta um pouco sobre o que é aconselhável fazer no início das aulas.
Starbem - Como os pais devem agir quando chega a hora de uma criança recém-diagnosticada voltar às aulas?
Sônia Maulais - A responsabilidade do tratamento de uma criança é sempre dos pais e faz parte dessa responsabilidade abrir um canal de entendimento com a escola, local onde a criança vai passar muitas horas do seu dia e, portanto, estará sujeita a imprevistos nesse ambiente.
O primeiro passo é localizar a pessoa mais apta ou habilitada para receber as informações técnicas do tratamento: se a escola dispõe de um enfermeiro, os cuidados e eventual supervisão ficam mais fáceis. De qualquer forma, os pais devem conversar com o diretor e o professor da criança.
Starbem – A rotina escolar deve ser diferente para a criança com diabetes?
Sônia Maulais - A escola precisa saber que a criança diabética tem vida normal e pode participar de todas as atividades, apenas com a observação de alguns cuidados. Ela não deve ser tratada de forma diferenciada em relação aos colegas, porque isso não seria bom do ponto de vista emocional. Embora o professor precise ficar atento a eventuais sintomas de hipoglicemia, por exemplo, isso não significa que essa criança precise ser superprotegida. Ela, como as demais, precisa ter espaço para fazer escolhas, aprender e crescer.
Starbem – Qual costuma ser a reação dos professores quando se deparam com um aluno que tem diabetes?
Sônia Maulais - Em geral, os professores ficam receosos a princípio, mas tendo informação sobre diabetes, eles aos poucos ficam mais confortáveis com a situação. Por isso, quando os pais vão conversar com a escola sobre a condição de seu filho, é melhor levarem consigo materiais informativos sobre diabetes, que falem sobre os sintomas, as medidas para corrigir hipoglicemia, a necessidade de medir a glicemia e de aplicar insulina.
Para poder falar com tranquilidade com os professores, os próprios pais têm de ter atingido certo nível de segurança. É comum que as primeiras reações após o diagnóstico do filho sejam de choque, negação e sentimento de culpa. Depois, existe a dificuldade de adaptação à nova rotina, que acaba interferindo na vida de toda a família. Para superar essas dificuldades iniciais de forma mais rápida e tranquila, o mais indicado é trocar informações com outros pais, buscar o apoio de associações de pacientes e, se a dificuldade persistir, com um psicoterapeuta.
Aceitando a nova condição do filho, os pais podem transmitir a ele mais segurança e, consequentemente, também aos responsáveis pela educação dele na escola.
Veja aqui algumas dicas de informações que você deve levar à escola, segundo a psicóloga Sônia Maulais:
1. Sintomas de hipoglicemia:
Fome, tontura, palidez, tremores, suor excessivo, dor de cabeça, sonolência, mudança na personalidade ou conduta como choro e riso inapropriado, dificuldade na concentração, confusão mental, alterações visuais.
2. Para corrigir a hipoglicemia, oferecer:
Suco de frutas (não diet) - 150ml (um copo) ou
Refrigerante (não diet) - 150 ml (um copo) ou
1 colher de sopa rasa de açúcar em ½ copo de água ou
Açúcar líquido (Gli Instan) ou 3 balas moles
3. Sintomas da hiperglicemia:
Aumento no volume e na frequência da urina, sede excessiva, sonolência, náusea e vômitos, dor abdominal.
A hiperglicemia é mais tolerada pelo diabético e geralmente não o coloca em situação de risco, mas com taxa acima de 250 mg/dL a criança não deve praticar atividade física.
4. Forneça sempre os telefones da família e do médico da criança para contatos urgentes.

StarBem Mais - Um programa Sanofi.
Av. Major Sylvio de Magalhães Padilha, 5.200 - Ed. Atlanta, Morumbi - São Paulo, SP
CEP: 05693-000 / SAC: 0800-7030014 - Segunda a Domingo, 24hrs
Copyright © - sanofi-aventis Farmacêutica Ltda. Todos os direitos reservados.
Última atualização: 15/03/2016
Site exclusivo para residentes no Brasil.
Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação.
Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientá-la
quanto ao melhor tratamento e conduta.
Copyright © 2001 - 2016. Todos os direitos reservados.